Vem aí a segunda edição do festival mais esperado do ano! Festival Origens

Entre os dias 18 a 20 de outubro, a segunda edição do Festival de Origens reunirá produtos tipicamente baianos conhecidos como os 4 C da Bahia: cachaça, café, charuto e chocolate. Nas históricas cidades de Cachoeira e São Félix, situadas no Recôncavo da Bahia, os participantes terão a oportunidade de conhecer a cultura, história e cadeia produtiva do tabaco, além de aprender suas melhores harmonizações.

Palco de uma história centenária, o Recôncavo da Bahia é também berço do plantio de tabaco no Brasil. Nesse solo rico em cultura e em características físicas, que torna o Charuto Baiano diferente dos demais em qualidade, será celebrado o Festival Origens 2018. Com mais de 450 anos de tradição, o território cuida desde o plantio da semente até o charuto acabado, que é comercializado para várias partes do mundo. A primeira edição do evento foi realizada no final do ano 2017 e recebeu apreciadores de charutos vindos de diferentes estados do país.

O festival reunirá outros produtos, tipicamente de origem baiana, que harmonizam com o charuto: chocolate, café e cachaça; conhecidos como os 4 C da Bahia. O principal combustível do encontro é valorizar a história e produção desses símbolos locais. Serão três dias de programação repleta de atividades, que proporcionarão aos visitantes uma viagem na história do tabaco.

O charuto produzido em terras baianas detém características únicas, que garantem qualidade para competir com os demais charutos presentes no mercado mundial. Essa qualidade é conquistada por conta de diferentes aspectos peculiares do Recôncavo, em relação ao solo, clima, cultura e história. A união desses elementos aliada à expertise do saber-fazer, são ingredientes para a receita do sucesso.

Voltado para os apreciadores de charuto de todo Brasil, o festival oferecerá workshops de harmonização com demais produtos, manifestações culturais, além de visitas às tradicionais fábricas do setor na região. Os visitantes conhecerão a cadeia produtiva do tabaco, que apesar de estar concentrada nos municípios de São Félix e Cachoeira, envolvem 23 municípios vizinhos.

culture-history-illustration

Dia 1.

Chegada ao Aeroporto

11:00 Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães – Salvador

Nossas equipes estarão no aeroporto para receber os participantes e encaminhá-los aos transfers. Serão dois grupos de participantes que poderão escolher qual ônibus viajar, a partir da chegada de seus voos. Será um transfer às 11h e outro às 14h

Credenciamento dos participantes e entrega de Kits

15:30  Cine Teatro Cachoeirano

O CineTeatro Cachoeirano é um espaço, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), construído na segunda década do Século XX e recebe diversos eventos ligados a arte, cultura e história.

Abertura Solene, Palestra com Secretário de Cultura de Cachoeira

18:30  Cine Teatro Cachoeirano

Cleydson Sá é Cachoeirano e graduado em Gestão de Negócios em Turismo, além de ter especializações no tema e vasto conhecimento da história da região

Coquetel de boas vindas, Conversa com Felix Menendez

19:00  Pousada Convento do Carmo

Félix Menendez é uma das figuras mais importantes do tabaco brasileiro da atualidade. Félix é diretor da fábrica Menendez Amerino, que é reconhecida com linhas de charutos como Dona Flor

 

Dia 2.

Visita à Fábrica Menendez Amerino

08:30  São Gonçalo dos Campos

Iniciada em 1977, a Menendez Amerino é resultado da união do empresário baiano Mário Amerino da Silva Portugal com a família Menendez, antiga fabricante dos charutos Montecristo e H. Upmann em Cuba.

Workshop: harmonização do café com o charuto

09:30  Fábrica Menendez Amerino -São Gonçalo dos Campos

A harmonização será conduzida pela empresa parceira do festival Cafés Especiais Latitude 13º

Almoço na Fábrica Monte Pascoal

12:00  Governador Mangabeira

Visita à Fábrica Monte Pascoal

14:30  Governador Mangabeira

A fábrica, situada em Governador Mangabeira, concentra sua produção desde a plantação do tabaco até o charuto pronto. Os participantes poderão conhecer um grande umidor que qualquer apreciador gostaria de ter em casa

Workshop: harmonização da cachaça com o charuto

16:00  Fábrica Monte Pascoal – Governador Mangabeira

A harmonização será conduzida pela empresa parceira do festival Cachaça Rio do Engenho

Jantar em homenagem as charuteiras

20:00  Fazenda Casa do Morro – São Félix

A Casa do Morro é uma fazenda centenária, que oferece um ambiente aconchegante, belezas naturais e boa culinária com uma vista privilegiada das cidades Cachoeira e São Félix. É o espaço ideal para degustar um bom charuto com a visão noturna das cidades iluminadas. No jantar será realizada a Noite do Vinho com vinhos da Chapada Diamantina (BA).

 

Dia 3.

Visita ao TERRA DANNEMANN

08:30  Governador Mangabeira

A fazenda é um ambiente encantador para os apreciadores de charutos, que têm a possibilidade de conhecer a produção do tabaco desde sua minúscula semente, passando pelo cultivo das folhas, até o tabaco seco que será utilizado nos charutos da empresa.

TERRA DANNEMANN

10:30  São Félix

A fábrica, fundada em 1872 por Geraldo Dannemann, permite que os visitantes conheçam o processo totalmente artesanal, feitos pelas charuteiras, na produção de charutos reconhecidos em todo o mundo.

Almoço na Fazenda Santa Cruz

12:00  Fazenda Santa Cruz – Muritiba

Com estilo colonial, a Fazenda Santa Cruz está localizada no município de Muritiba e arranca suspiros dos visitantes que se impressionam com a vista da Barragem da Pedra do Cavalo e das cidades de Cachoeira e São Félix, além da interação com a natureza e a culinária local.

Visita à Fábrica Leite e Alves

14:30  Cachoeira

Desde 1936 em Cachoeira, a fábrica tem influência herdada dos antigos artesãos charuteiros. Os visitantes podem conhecer a produção artesanal dos charutos, além de passear no museu que conta a história do charuto no Brasil e no Recôncavo .

Workshop: harmonização de chocolate com charuto

15:30  Fábrica Leite Alves – Cachoeira

A harmonização será conduzida pela empresa parceira do festival Chor – Chocolate de Origem

Coquetel com degustação de licores locais

17:00  Fábrica Leite Alves – Cachoeira

Jantar de Encerramento

20:00  Gramado do TERRA DANNEMANN

 

 

Fonte: festivalorigens.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: